Hyundai apresenta plataforma E-GMP dedicada a veículos elétricos

Próxima geração de carros com motorização elétrica da Hyundai, Kia e Genesis já será desenvolvida a partir da nova plataforma

 

A próxima geração de automóveis com propulsão elétrica da Hyundai Motor — que reúne as marcas Hyundai, Kia e Genesis – será desenvolvida sobre a nova plataforma modular elétrica global (E-GMP), apresentada pela gigante sul-coreana nesta semana. Segundo a empresa, a partir de 2021 a E-GMP servirá de base para toda a gama de modelos elétricos do grupo.

A E-GMP tem várias vantagens em comparação às plataformas atuais, pensadas para a produção de carros com motores a combustão. A começar pela maior flexibilidade de desenvolvimento, maior autonomia, recursos de segurança, mais espaço para passageiros e alto desempenho. Um veículo feito sobre a E-GMP poderá acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3,5 segundos e chegar a 260 km/h.

“Com a E-GMP vamos ampliar nossa liderança tecnológica para segmentos em que os clientes exigem mais dinâmica de condução”, afirma Albert Biermann, presidente da divisão de P&D do Grupo Hyundai Motor. Ele conta que a plataforma surgiu depois de anos de pesquisa e desenvolvimento e recebeu as tecnologias mais avançadas existentes na indústria.

 A modularização da E-GMP permite a produção rápida e flexível de carros enquadrados em quase todos os segmentos, como sedãs e SUVs. Ela também vai possibilitar que a Hyundai aumente sua linha de modelos em um período relativamente curto.

O motor elétrico de alta rotação deverá aprimorar a condução dos veículos E-GMP. O sistema de suspensão traseira de cinco braços – geralmente presente em carros de médio e grande portes — e o primeiro eixo de tração integrado do mundo produzido em série elevarão o nível de conforto e a estabilidade de direção.

A E-GMP maximiza o espaço interno em razão da longa distância entre eixos, curtos balanços dianteiro e traseiro e módulo de cockpit estreito. Com a bateria montada sob o assoalho, a plataforma cria um piso plano para a cabine, abrindo mais espaço para as pernas dos passageiros.

Os clientes poderão escolher entre um automóvel com tração traseira ou integral, mas todos os veículos com plataforma E-GMP usarão um só módulo de bateria padronizado. Ele é composto por células flexíveis e dobráveis e pode ser combinado em diferentes quantidades, de acordo com a necessidade de cada automóvel.

Segundo a Hyundai, um modelo elétrico baseado na E-GMP será capaz de rodar 500 km com uma carga de bateria e 80% dela levarão apenas 18 minutos para o recarregamento.

O plano do Grupo Hyundai Motor é lançar 23 modelos elétricos até 2025. Como parte dessa estratégia, ela criou a marca Ioniq, dedicada aos veículos elétricos. A nova empresa já anuncia três modelos previstos até 2024: Ioniq 5, 6 e 7.