Chevrolet Cruze ganhará versão RS

A exemplo do Onix, hatch terá visual mais esportivo

Chevrolet Cruze RS - Caderno Garagem

Entre os quatro lançamentos prometidos pela General Motors nos próximos meses no mercado brasileiro, um deles é Chevrolet Cruze RS – só na carroceria hatch –, que fará companhia aos novos Bolt e Equinox e à inédita versão Z71 da picape S10. Pela primeira vez na história, o Cruze ganhará configuração genuinamente esportiva.

Segundo a GM, a versão especial RS, que identifica os modelos com estilo mais esportivo, é uma das mais cultuadas da marca no mundo. Isso acontece porque ela reúne acabamentos exclusivos, que proporcionam design mais agressivo ao automóvel.

“No Brasil, a linha RS estreou com o Onix e, em breve, estará presente no Cruze Sport6”, afirma Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing GM América do Sul. “Não vamos parar por aí. Afinal, o consumidor deseja que o conceito seja estendido a outros modelos turbo do nosso portfólio.”

A GM vinha ensaiando a chegada do Cruze RS há algum tempo. No Salão do Automóvel de São Paulo de 2018, a montadora expôs em seu estande o Cruze SS, que já mostrava alguns sinais de como seria o hatch com roupagem esportiva.

A companhia ainda não revelou o design definitivo do modelo, tampouco detalhes técnicos. O visual, porém, não deve fugir muito do SS apresentado três anos atrás. A exemplo do Onix RS, o Cruze terá logotipo preto e aerofólio traseiro. Na parte interna, as costuras vermelhas darão realce ao acabamento também na cor preta.

Chevrolet Cruze RS - Caderno Garagem

O Cruze Sport6 é o hatch médio mais vendido do país, mas os números são pouco expressivos. De janeiro a agosto foram vendidas 1.291 unidades, à frente de Mercedes-Benz Classe A (117) e BMW M135 (113), adversários que se posicionam numa categoria de nicho.