Porsche reafirma compromisso com combustíveis sintéticos

Empresa anunciou novo investimento de US$ 75 milhões na produção de e-fuels

Porsche - Caderno Garagem
Unidade piloto para produção de combustíveis sintéticos Haru Oni em construção no Chile

A Porsche está investindo US$ 75 milhões na HIF Global LLC, grupo de desenvolvedores internacionais de projetos de instalações de produção de combustíveis sintéticos e que, entre outras atividades, é o responsável pela construção da unidade piloto Haru Oni eFuel em Punta Arenas, no Chile, que vai produzir os chamados e-combustíveis a partir de meados deste ano – segundo o planejamento –, a partir de hidrogênio e de CO2, utilizando energia eólica. Esses combustíveis permitem uma operação quase neutra em CO2 dos motores de combustão.

O aporte da Porsche faz parte de um investimento conjunto, e se soma ao realizado pela empresa chilena Andes Mining & Energy (AME) e das americanas EIG, Baker Hughes Company e Gemstone Investments. No total, um valor na faixa de nove dígitos (em dólares) está sendo injetado na HIF Global LLC. A AME segue como acionista majoritária da HIF Global LLC, e o montante adicional será usado para desenvolver instalações industriais de e-combustíveis no Chile, nos Estados Unidos e na Austrália, que possuem grandes fontes de energia renovável. A Porsche passa a deter cerca de 12,5% da holding.

Porsche - Caderno Garagem
Projeção de como será a futura fábrica de e-combustíveis no Chile

“Os combustíveis sintéticos proporcionam uma importante contribuição para a proteção ambiental e complementam nossa eletromobilidade de forma significativa”, afirmou Barbara Frenkel, executiva do Conselho de Compras da Porsche. “Ao investir na produção industrial destes combustíveis, a Porsche está expandindo ainda mais seu compromisso com a mobilidade sustentável. No total, nosso investimento no desenvolvimento e fornecimento desta tecnologia inovadora chega a mais de US$ 100 milhões”, completou.

Automobilismo como laboratório

“A Porsche está avançando em uma atraente área de negócios com a sua participação na HIF Global LLC; os combustíveis sintéticos oferecem perspectivas interessantes em todos os setores, desde a indústria automotiva até os setores de aviação e transporte marítimo”, explicou Michael Steiner, executivo de Pesquisa e Desenvolvimento da Porsche. “Além disso, o e-metanol é uma importante matéria-prima para outras aplicações, como na indústria química, onde pode substituir matérias-primas de origem fóssil. O e-metanol é um produto intermediário obtido durante a geração do e-combustível”, acrescentou.

Porsche - Caderno Garagem
A Porsche testa combustíveis renováveis em competições desde 2021

A Porsche vem pesquisando o uso de combustíveis renováveis há algum tempo. Os testes em laboratório e em pistas de corrida estão prosseguindo com sucesso: “Nós nos vemos como pioneiros em combustíveis sintéticos e queremos impulsionar a tecnologia. Este é o alicerce da nossa estratégia de sustentabilidade clara e global,” garantiu Michael Steiner. Inicialmente, a montadora alemã de carros esportivos pretende usar o e-combustível produzido no Chile nos principais projetos de automobilismo. Posteriormente, é possível que ele seja utilizado para abastecer os próprios veículos da empresa com motores de combustão durante o abastecimento inicial na fábrica e nos Porsche Experience Centers.

Porsche - Caderno Garagem
A ExxonMobil é parceira da Porsche em e-combustíveis

A transação da Porsche para adquirir uma participação na HIF Global LLC está sujeita à aprovação das autoridades antitruste relevantes.