Honda City 2021 chega sem grandes novidades

Com o mesmo design e ainda sem controles de estabilidade e tração, sedã traz mais itens de comodidade; preços iniciam em R$ 68 mil

Nenhuma novidade visual na linha City 2021

 

A Honda Automóveis apresentou a linha 2021 do sedã médio City, que vem obtendo desempenho apenas razoável no mercado – teve 733 unidades vendidas em outubro e soma 5.631 veículos comercializados no ano no País, de acordo com a Fenabrave. Mas, apesar desses números modestos, a montadora preferiu postergar o lançamento da nova geração do três-volumes – muito especulado no Brasil –, que segue com o mesmo visual na nova linha.

De acordo com a fabricante, a partir da linha 2021, todas as versões do City contam com faróis com ajuste elétrico da altura do facho e sensor para acendimento automático. Já a topo de linha EXL passa a trazer espelho retrovisor interno eletrocrômico, e os modelos EX e EXL ganharam bolsa porta-revista atrás do banco do motorista – o do passageiro já possuía o item.

A versão LX agora conta com central multimídia com tela de sete polegadas – a mesma que já equipava o City EX –, compatível com Android Auto e Apple CarPlay. A tela também exibe as imagens da câmera de ré, com guias coloridas para indicação da distância em relação aos objetos. Bolsa porta-revista atrás do banco do passageiro é outra novidade nas versões LX, Personal e DX.

Nova central multimídia é o destaque no City LX 2021

Importante: em termos de segurança, além de seguirem sem controles de estabilidade e de tração (nem como opcionais), as três versões mais simples do sedã só oferecem duplo airbag (obrigatório). A intermediária EX conta com duas bolsas laterais adicionais e só a topo de linha EXL traz seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina).

Só a versão EXL conta com seis airbags

Não houve mudanças sob o capô, e o Honda City segue com o conhecido motor 1.5 i-VTEC flex, com comando de válvulas variável, capaz de entregar 116 cv e 15,3 kgfm de torque (com etanol). As versões Personal, LX, EX e EXL possuem câmbio CVT continuamente variável que privilegia o conforto, enquanto a DX traz caixa manual de cinco marchas. A linha City 2021 está disponível nas concessionárias com os seguintes preços sugeridos:

City DX: R$ 67.800
City Personal: R$ 68.190
City LX: R$ 82.100
City EX: R$ 87.400
City EXL: R$ 93.100