S1 Project Spyder é supercarro com motor de Corvette C8 made in Italy

Feito pelo estúdio italiano Ares Design, o modelo desenvolve 715 cv de potência e só tem 24 unidades produzidas

 

Além da excelência na gastronomia, na moda e nas artes, a Itália é o berço de vários estúdios importantes para a indústria automotiva mundial. Localizado em Modena, o Ares Design pode não ter a mesma reputação de Pininfarina e Giugiaro, mesmo assim, cria obras de muito bom gosto. Uma delas é o S1 Project Spyder que, segundo a companhia, “traz a experiência de dirigir a um nível autêntico e visceral”.

Certamente, a definição tem muito a ver com o conjunto mecânico do modelo: nada menos que o motor central 6.2 V8 aspirado. Ele desenvolve 715 cv de potência a 8.800 rpm e acelera de 0 a100 km/h em pífios 2,7 segundos. Te faz lembrar alguma coisa? Essa usina de força é emprestada do Chevrolet Corvette C8, mas com a reprogramação da unidade de controle (ECU) para exceder os 495 cv originais. A transmissão automatizada de dupla embreagem tem oito marchas.

A similaridade com o Corvette para no motor. O S1 Project Spyder abriu mão do teto e do para-brisa e, para garantir a melhor experiência de direção, o Ares projetou dois defletores de vento que emergem da carroceria aerodinâmica, redirecionando o fluxo de ar sobre os passageiros para as entradas de ar atrás dos encostos de cabeça. Isso deixa o hábitáculo sem turbulência e aprimora o comportamento dinâmico do carro.

A carroceria sinuosa é de fibra de carbono e desenvolvida artesanalmente. O estúdio caprichou no acabamento – altamente refinado – e usou e abusou do couro Napa fino e Alcantara. Apesar da sofisticação, o interior do S1 Project Spyder exibe linhas minimalistas, com os dois bancos separados por uma barra que abriga uma série de controles sensíveis ao toque.

Apenas 24 unidades do S1 Project Spyder foram fabricadas. O Ares Design faz suspense sobre o preço, mas ele deve superar os 500.000 euros cobrados pelo irmão S1 Project – cuja dferença é a existência do teto.