Seu carro ficou muito tempo parado? Verifique os faróis

Sistema de iluminação deficiente compromete a segurança do motorista

 

Carro parado é como um atleta que deixa de praticar sua modalidade esportiva durante muito tempo. Ele perde massa muscular, ganha peso e o condicionamento físico fica comprometido. Com o isolamento social e a consequente adesão ao home office, milhares de pessoas deixaram seus automóveis na garagem sem ao menos ligá-los de vez em quando. Pneus, bateria e motor sofrem com esse descaso. Outro sistema que padece com o veículo parado é a iluminação.

“Cada lâmpada que compõe o sistema de iluminação do automóvel tem sua funcionalidade, seja para sinalizar ou iluminar o caminho à frente”, afirma Juliana Gubel, gerente de marketing da Lumileds, fabricante das lâmpadas Philips. “É um item essencial para a segurança e, com o tempo, evoluiu demais para ampliar e trazer mais benefícios aos motoristas.”

Dirigir com alguma lâmpada queimada prejudica a segurança no trânsito e causa uma sombra no bolso do infrator: a multa é de R$ 130,16, além dos quatro pontos na CNH do motorista.

A substituição não é difícil e pode ser feita em casa. Com o capô do carro levantado, o proprietário deve localizar a peça de borracha em formato arredondado – que tem o curioso nome de guarda-pó –, localizada atrás do farol. Depois de desconectá-la cuidadosamente, solte o grampo para destravar o soquete da lâmpada queimada, girando no sentido anti-horário.

A reposição deve ser feita pela base da lâmpada, ou seja, pela parte metálica. Jamais substitua apenas a unidade queimada. A troca em pares evita que o feixe de luz fique descompensado, tornando a condução noturna mais insegura e perigosa. Ao remover só a lâmpada queimada, é comum que em pouco tempo a outra falhe devido ao desgaste acumulado.

O sistema de iluminação são os olhos do carro. Acione sempre o farol baixo durante o dia nas estradas e ao trafegar em períodos noturnos. Já o farol alto permite, por exemplo, que o motorista visualize com mais eficiência a aproximação de um veículo no sentido contrário. O DRL (Daytime Running Lights), item presente nos modelos mais novos, acende automaticamente quando a ignição é acionada e tem a função de deixar o automóvel mais visível durante o dia.

Conhecida como lanterna frontal, a luz de posição sinaliza a presença do veículo para outros motoristas e pedestres – enquanto estão parados, no caso de um embarque e desembarque. Já o farol de longo alcance aumenta a visibilidade do motorista em grandes distâncias. Instalado abaixo dos faróis principais, o farol de neblina é usado em situações de neblina e chuvas fortes.