MG Cyberster, um ‘brinquedo’ maravilhoso

Trata-se ainda apenas de mais um carro conceito, mas eles estão cada vez mais próximos da linha de produção

O Cyberster – desenvolvido pela MG Advanced Design em Londres – é um esportivo de dois lugares e duas portas que procura evocar as lembranças da tradicional marca inglesa MG, trazendo vários detalhes herdados do clássico MGB Roadster, mas embarcando muita tecnologia eletrônica dos novos tempos, incluindo um cockpit totalmente interativo com conectividade 5G.

Sua arquitetura inteligente já nasceu para a eletrificação, o que confere ao Cyberster autonomia de 800 km, com aceleração de 0 a 100 km/h feita em menos de 3 segundos. Com linhas fluidas que ajudam muito na aerodinâmica, a carroceria traz a clássica grade MG dianteira em formato trapezoidal, que seria inútil em se tratando de um modelo elétrico, mas serve como duto aerodinâmico que percorre o chassi do carro.

Outro detalhe clássico presente são os faróis redondos MG, que de tradicionais trazem apenas o formato, já que são chamados de Magic Eyes (olhos mágicos) interativos dispostos sobre um filete de LED que percorre toda a frente, que se abrem quando ligados.

Outro detalhe marcante do MG Cyberster é a cinta de LED que percorre toda lateral do carro na altura da linha de cintura que se une virtualmente à dianteira sob os faróis, também em LED.

A personalidade marcante de suas linhas esportivas é acentuada pela linha de ombro de dois estágios distintos, com uma traseira achatada ‘kamm tail’, onde se sobressaem suas enormes rodas de desenho agressivo, graças às lâminas que formam as aberturas que permitem a visão dos componentes do freio. A iluminação traseira em LED é integrada ao painel traseiro, projetando uma imagem digital onde também ecoa a herança britânica da MG.

O tema do interior, apelidado pelos designers de “digital fibre”, adota a filosofia centrada no condutor, com cockpits separados para passageiro e motorista, que tem à sua frente um enorme conjunto digital de instrumentos e uma segunda tela central. A tela à frente do condutor traz todas as informações importantes do veículo dentro de uma estrutura concentrada em estilo minimalista, enquanto a tela central oferece outras funções interativas.

Os bancos ‘Gravidade Zero’ do MG têm encostos de cabeça flutuantes, enquanto os painéis de porta e puxadores em couro vermelho refletem as cintas de LED que percorrem as laterais exteriores do carro.

Carl Gotham, diretor do SAIC Design Advanced London comentou: “O Cyberster é uma forte manifestação sobre o futuro da MG, lembrando de suas raízes, porém, acima de tudo, construindo uma nova tecnologia com design avançado. O Cyberster é um dos nossos mais excitantes projetos”.

A MG ainda faz mistério absoluto sobre o conjunto propulsor e a arquitetura mecânica do Cyberster que será 100% elétrica.