Citroën mostra novo C3, que será lançado em 2022

Com ares de SUV, modelo fica mais robusto e moderno

Citroen C3 - Caderno Garagem

A Citroën apresentou hoje (16) o novo C3, que já clamava há algum tempo por uma reestilização. O hatch foi pensado para o mercado da América do Sul e se trata do primeiro modelo do projeto batizado de “C-Cubed”, que prevê a chegada de três veículos com foco no mercado internacional até 2024. Com o “C-Cubed”, a marca francesa – hoje integrante do grupo Stellantis – pretende se reposicionar, especialmente, nos mercados brasileiro e argentino.

Com lançamento marcado para o primeiro trimestre de 2022, o novo C3 será produzido em Porto Real (RJ). Ele tem capô elevado e dianteira robusta, que reforça a impressão de ser mais largo. O conjunto óptico foi desenvolvido em dois níveis, com os duplos chevrons que se transformam em barras cromadas e se estendem de uma extremidade a outra, passando pelos faróis antes de se separar e formar uma espécie Y. Na traseira, as lanternas formam duas linhas horizontais, criando um triângulo. 

Visto de perfil, o C3 ganhou linhas e para-lamas musculosos, com painéis de proteção esculpidos na carroceria. As grandes rodas, a generosa altura livre do solo e as barras de teto são elementos inspirados nos SUVs. Se o comprador preferir, a pintura do modelo pode ser biton, com cores distintas no teto e na carroceria em 13 combinações possíveis. 

Citroen C3 - Caderno Garagem

Por dentro, o painel é horizontal e as funções da central multimídia são exibidas na tela de 10 polegadas, sensível ao toque e compatível com os sistemas Apple Carplay e o Android Auto. A navegação dos aplicativos e demais recursos também acontece por comando de voz. 

Citroen C3 - Caderno Garagem

Com 2,54 metros de distância entre-eixos, o C3 levará com conforto cinco pessoas, que poderão acomodar suas bagagens no porta-malas de 315 litros. A marca não divulgou nenhuma informação técnica, mas é possível que o novo carro seja equipado com motor 1.0 GSE turbo.

Citroen C3 - Caderno Garagem