Sabe ler seu pneu? Especialistas explicam

Não compre pneus errados ou prestes a vencer. Entender as especificações técnicas ajuda o consumidor a fazer substituições corretas

Pneu-Goodyear

 

A oferta de pneumáticos atualmente é abundante. Grandes fabricantes globais incorporaram marcas menores, enquanto gigantes nasceram na Ásia, trazendo uma gama quase infinita de marcas ofertadas aos consumidores, a maioria de boa qualidade, afinal, alguns padrões são exigidos pelos mecanismos de homologação e pelo próprio mercado. E na hora da escolha, entender a sequência de letras e números no costado de pneu é muito importante.

Com atuação de mais de cem anos no Brasil, uma das marcas mais lembradas é a Goodyear. Na pesquisa recente “Marcas na Oficina”, foram ouvidos mais de 1.400 profissionais da base de 53 mil oficinas mecânicas. As entrevistas foram realizadas em dezembro do ano passado e focadas nos segmentos leve e comercial leve. Ao serem questionados em campo aberto sobre qual era a marca de que mais lembravam, independente da linha de produto, a maioria dos participantes citou a Goodyear.

Antonio-Roncolati
Antonio Roncolati, diretor de pneus de passeio da Goodyear

“Esse reconhecimento é muito importante para todos nós que trabalhamos diariamente para oferecer produtos de alta performance, durabilidade e alinhados aos padrões de exigência do mercado. Sermos a marca mais lembrada por quem atua na linha de frente do segmento é extremamente gratificante e nos mostra que estamos no caminho certo, fazendo o que sabemos fazer de melhor há mais de 100 anos, mas sempre inovando”, afirma Antonio Roncolati, diretor da Unidade de Pneus de Passeio da Goodyear.

Pneu-Goodyear-EfficientGrip-Performance

DECIFRANDO OS CÓDIGOS NO PNEU

À primeira vista eles parecem indecifráveis ou serem uma informação de interesse exclusivo dos fabricantes. Mas trazem especificações técnicas que são muito importantes para uma substituição adequada dos pneus. Essa sequência é como um documento de identificação e os dados ali disponíveis são essenciais para o condutor não errar ao trocar os equipamentos.

Medidas, classificação de velocidade e índice de carga do pneu são algumas das informações disponíveis no costado do pneu e a Goodyear ajuda o condutor a entender como identificá-los.

CATEGORIA DE USO DO PNEU

A sequência começa com letras e elas indicam o uso adequado do pneu para cada tipo de veículo. Se houver um “P”, por exemplo, trata-se de pneu para veículo de passeio, já um “LT” indica que o equipamento é específico utilitários leves, como SUVs e picapes. A ausência de letras, por outro lado, indica que é um pneu de métrica europeia.

MEDIDA DO PNEU

A informação seguinte revela as medidas dos pneus, começando pela largura indicada em milímetros. Na sequência vem o perfil, que é a proporção de altura da seção transversal do pneu com relação à sua largura, representado por um percentual. Já a letra seguinte indica a estrutura dos pneus, sendo que “R” significa radial e “D” ou “-“, diagonal. Os números seguintes representam o diâmetro, em polegadas ou cm, da roda. É fundamental escolher um substituto que tenha a mesma designação de tamanho e sufixos.

ÍNDICE DE CARGA

Os números seguintes indicam o índice carga, que corresponde ao peso máximo que um pneu pode suportar quando é inflado corretamente. Cada índice representa uma carga em quilos. O número 80, por exemplo, representa capacidade máxima de 450 quilogramas. É fundamental que esse indicador seja respeitado para garantir a performance do veículo, caso contrário ele perde capacidade e pode até ocasionar acidentes.

ÍNDICE DE VELOCIDADE

O último item da sequência é uma letra, que representa o índice de velocidade. As diferentes letras simbolizam as velocidades máximas de operação de um pneu, sendo que N é a menor e significa 140 km/h e Y a maior, 300 km/h. “Esses índices não são uma recomendação para o condutor exceder os limites de velocidade e apenas indicam a capacidade de velocidade máxima do pneu em linha reta quando devidamente inflado”, reforça Roncolati.

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Não é só na parte superior do pneu que há dados preciosos para entender melhor o equipamento. No costado inferior, há uma sequência chamada DOT, que revela se o produto atende ou excede os padrões de segurança do Departamento de Transporte. A primeira informação, composta de letra e número, indica o código de planta do fabricante; em seguida, vem a informação sobre a espessura do pneu; depois, uma sequência de letras que se refere ao código de construção do fabricante; e por fim, números que indicam, respectivamente, a semana e o ano de fabricação do pneu. Essa data é especialmente importante, porque ajuda o condutor a saber o prazo de garantia dos produtos, que é de 5 anos a partir dela.

A banda de rodagem também tem uma informação importante, que muitas vezes pode passar despercebida. Trata-se do TWI (Tread Wear Indicator), que ajuda o motorista a identificar se é ou não hora de fazer a substituição do equipamento. Esse indicador é representado por pequenas elevações de borracha nos sulcos do pneu e sinalizadas com a sigla TWI. Quando o desgaste do pneu atinge essa marcação, é sinal que chegou ao desgaste máximo e deve ser trocado.

SERVIÇO ZERO CONTATO

Como parte de seu compromisso em apoiar a mobilidade e a continuidade das atividades essenciais, com responsabilidade e prevenção diante da nova realidade, a Goodyear oferece o serviço Zero Contato em todos os seus revendedores. Implementado no ano passado, ele permite que os técnicos verifiquem e mantenham os veículos de seus clientes em ótimas condições – limitando o contato pessoal sob um protocolo de prevenção. O serviço inovador tem sido muito conveniente e o usuário só precisa reservar seu atendimento por telefone no revendedor Goodyear mais próximo.