Ford homenageia carro vencedor da lendária 24 Horas de Daytona

Você assistiu a “Ford x Ferrrari”? Então vai se identificar com essa nova máquina da Ford

 

É prática comum das montadoras desenvolver carros como forma de prestar um tributo a modelos que no passado fizeram sucesso nas pistas de corrida. A Ford adora fazer isso. Sua mais nova espécime, apresentada nos Estados Unidos, é o Ford GT Heritage Edition, edição especial inspirada no ganhador das 24 Horas de Daytona de 1966, a primeira vitória da Ford numa corrida de endurance.

“Para criar o Heritage, o time da Ford Performance se aprofundou na história do GT, homenageando o 54º aniversário da vitória nas 24 Horas de Daytona que acabaria por levar ao nosso sucesso em Le Mans”, afirma Mike Severson, gerente de programa do Ford GT.

Parte da trajetória do Ford GT foi exibida no eletrizante filme “Ford x Ferrari”. Em Daytona, os pilotos Ken Miles e Lloyd Ruby lideraram a corrida que a Ford dominou, ocupando as posições de primeiro, segundo, terceiro e quinto lugares. Aquele triunfo deu início a uma temporada brilhante do Ford GT40 MK II, que também venceu em Sebring e Le Mans.

“Em Le Mans, Miles e Ruby lideraram quase todas as voltas da prova e abriram uma diferença de 48 km sobre os concorrentes”, relata Severson. “Foi a primeira vez que alguém ameaçou o domínio da Ferrari na categoria de esportivos e tal façanha representou uma virada no programa do Ford GT.”

Inspirado no estilo arrojado em branco, preto e vermelho do Ford GT40 MK II, o GT Heritage Edition 2021 tem pintura em branco com capô de fibra de carbono aparente. Os grafismos em vermelho Race Red nas bordas da frente e do teto, na porta do motorista e embaixo da asa traseira criam um belo visual.

O número 98 nas portas e no aerofólio é aplicado sobre fibra de carbono aparente. As rodas de alumínio de 20 polegadas vêm com pinças de freio monobloco Brembo em vermelho. A cabine traz detalhes exclusivos, incluindo camurça Alcantara preta no painel e no volante com borboletas. Nos bancos de competição, a camurça é vermelha.

Quem deseja um visual ainda mais agressivo pode optar pelo pacote Heritage, com rodas de fibra de carbono exposta de 20 polegadas, cilindro interno vermelho brilhante e pinças de freio monobloco em preto com letras Brembo em vermelho. Lá dentro, os painéis das portas são em fibra de carbono aparente com detalhes exclusivos.

A marca aproveitou a oportunidade para mostrar outra novidade: o pacote Ford GT Studio Collection, contendo itens de personalização que tornam o supercarro ainda mais exclusivo.

A Ford GT Studio Collection personaliza o superesportivo com sete cores padrão ou com uma paleta de combinações para a carroceria e grafismos, destacando elementos, como os dutos de resfriamento funcionais que ajudam o Ford GT a entregar toda a potência dos 660 cv. As entregas começam no início de 202 e a produção da linha acaba em 2022.

Quer saber mais? Acompanhe o vídeo abaixo que mostra o desenvolvimento do Ford GT Heritage Edition.