Avaliação: Renault Zoe E-Tech Intense

O preço pesa, mas modelo da Renault tem qualidades para encantar o motorista

Renaut Zoe - Caderno Garagem

O carro elétrico é caro no Brasil, ainda não existe infraestrutura adequada para a recarga e a autonomia não é lá essas coisas. Resumindo: não vale a pena, por enquanto, comprar um automóvel movido a bateria. Certo? Errado, é claro! Sim, é verdade que esse tipo de veículo sofre com uma série de restrições, mas, acredite: ele é um grande barato e, se você possui uma conta bancária mais gorda, por que não considerá-lo?

Quem tem dúvidas sobre a aquisição deve colocar na balança os prós e os contras antes de decidir. GARAGEM avaliou o Renault Zoe E-Tech Intense – recém-entrado na terceira geração – e pode concluir: é uma ótima compra, desde que (sempre é bom fazer a ressalva) o interessado desfrute de uma situação financeira mais confortável.  

No mercado brasileiro, o Zoe é oferecido nas versões Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990). A autonomia, grande preocupação do consumidor, vem aumentando com a evolução das baterias ao longo do tempo. A bateria de 52 kWh permite que o modelo rode 385 km e entregue o equivalente a 135 cv de potência e 25 kgfm de torque instantâneo, característica interessante dos elétricos. Ele alcança 140 km/h de velocidade máxima e acelera de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos.

Renaut Zoe - Caderno Garagem

Lançado na Europa em 2012, o Zoe desembarcou no Brasil para o consumidor final em 2018. Antes, era usado exclusivamente por empresas, que mantinham acordo com a fabricante. A nova geração foi desenvolvida sobre uma plataforma específica para receber a bateria de um carro elétrico.

O design também passou pelo bisturi. Na dianteira, as linhas do capô vincado convergem para um losango centralizado na grade, que tem a função de portinhola da tomada de recarga. O para-choque integra adornos cromados na entrada de ar frontal, na grade e nos faróis de neblina de led. A traseira é minimalista, com lanternas simples e superfícies mais lisas. O porta-malas de 338 litros é satisfatório para um veículo de seu porte.

Renaut Zoe - Caderno Garagem

O Zoe mede 4,09 metros de comprimento, 1,79 m de largura, 1,56 m de altura e 2,59 m de distância entre-eixos. O conforto é garantido para quatro pessoas. Um terceiro passageiro atrás só se for uma criança, caso contrário, é forçar a amizade.

Se o espaço não é um latifúndio, a qualidade do acabamento é nota 10. O revestimento com toque suave e macio e o aspecto fosco do painel de bordo dão uma atmosfera premium ao carro. Localizado abaixo da tela da central multimídia Renault Easy Link de sete polegadas, o console reúne novidades, como o freio de estacionamento automático e a alavanca de modo de condução “e-shifter”, com comando eletrônico. A central multimídia, aliás, acessa recursos de navegação e entretenimento e é compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.

Renaut Zoe - Caderno Garagem

O Zoe traz um quadro de instrumentos digital de 10 polegadas, que exibe para o motorista todos os parâmetros necessários sobre a motorização elétrica, começando pelo indicador de consumo. É possível personalizar as cores do mostrador e a apresentação das informações na tela.

Se o usuário rodar 50 km por dia na cidade, a bateria do Zoe dura tranquilamente uma semana sem a necessidade de recarga doméstica – com o wallbox de 7,4 kW– ou nos eletropostos, instalados em áreas públicas e estradas. No começo de sua vida, o carro era bem mais limitado, porque tinha autonomia de apenas 150 km.

Renaut Zoe - Caderno Garagem

Uma das tecnologias mais legais de alguns modelos elétricos é a capacidade de regeneração da bateria. No Zoe, basta tirar o pé do acelerador ou pisar no freio para a componente começar a se realimentar. Em descidas, dê descanso aos seus pés e deixe a bateria acumular energia. Ao pegar a ladeira de uma serra, por exemplo, o ideal é engatar o “modo B”, que “segura” o carro e reduz o uso do freio.

Segundo a Renault, cerca de 80% da capacidade da bateria é resultado da otimização da arquitetura interna. Os 20% restantes vêm de melhorias nas células, agora com melhor performance da parte química.

Renaut Zoe - Caderno Garagem

Outros dispositivos importantes do Zoe são alerta de ponto cego, assistência automática em rampa, radar de estacionamento dianteiro e traseiro e freio de estacionamento automático. Viu só como ele tem mais prós do que contras? Se você quer um automóvel elétrico e pode superar o principal ponto negativo dele (o preço na faixa de R$ 200.000), então o Zoe é uma ótima escolha.