Conheça o EQA, o elétrico de entrada da Mercedes

Compacto desembarca no Brasil no primeiro trimestre de 2022

A Mercedes-Benz já vende no Brasil o elétrico EQC 400 (R$ 629.900), mas, a partir do primeiro trimestre do ano que vem, ela terá um veículo de entrada com propulsão eletrificada. Trata-se do EQA que, na Europa, custará a partir de 47.450 Euros.

Produzido em Rastatt (Alemanha) e Pequim (China), o EQA tem sistemas de bateria fornecidos pela subsidiária da Mercedes-Benz, a Accumotive, em Kamenz, também na Alemanha. A fábrica de baterias em Jawor (Polônia) igualmente está se preparando para produzir baterias aos modelos compactos da família EQ.

“O EQA vai mostrar como a Mercedes encara a e-mobilidade adaptada às necessidades dos nossos clientes. Teremos uma gama completa de modelos EQA, com potências variando de 140 kW a mais de 200 kW”, diz Markus Schäfer, membro do conselho de administração da Daimler AG e Mercedes-Benz AG. Ele acrescenta que o portfólio incluirá uma versão especial, com autonomia superior a 500 km.

A versão lançada no mercado europeu é a EQA 250, com motor único e tração dianteira. Ela entrega o equivalente a 190 cv de potência e 38,3 kgfm de torque. O conjunto permite partir da imobilidade e chegar aos 100 km/h em 8,9 segundos e atingir máxima de 160 km/h. As versões de 280 cv e tração integral chegarão posteriormente.

A bateria de íons de lítio “double-decker” possui conteúdo de energia de 66,5 kWh. Para aumentar o conforto e reduzir ruído e vibrações, a montadora adotou medidas complexas para isolar o trem de força elétrico do chassi e carroceria.

A grade dianteira do EQA é preta e tem uma faixa de luz contínua, recurso que se repete na traseira para unir as lanternas. Os elementos azuis dentro do conjunto óptico reforçam a aparência característica da família EQ. Por dentro, a versão especial Edition 1 acrescenta bancos de couro perfurado e instrumentos com displays em tons de ouro ‘rosé’ e reflexos em azul.

O principal destaque, porém, é a central multimídia MBUX (Mercedes-Benz User Experience), que pode ser configurada individualmente e oferece funções como telas e gráficos brilhantes, apresentação personalizável, ‘head-up display’ colorido, navegação com realidade aumentada e controle de voz ativado pela expressão “Ei Mercedes”.

Por meio do programa Mercedes me Charge, os clientes têm acesso a uma rede de 450.000 pontos de carregamento de vários fornecedores, espalhados em 31 países.