Renault lança programa próprio de carro por assinatura no Brasil

Renault On Demand já está disponível na maioria das concessionárias da marca no País; planos partem de R$ 869 por mês

Página inicial do Renault On Demand

Seguindo o plano de expandir suas áreas de atuação com o objetivo de se tornar uma empresa de mobilidade, a Renault lançou no Brasil o seu serviço próprio de carro por assinatura, o Renault On Demand, cuja operação ficará a cargo do Banco RCI, braço financeiro da aliança Renault-Nissan e que opera há mais de vinte anos no País.

De acordo com Enrico Rossini, diretor geral da instituição financeira, uma das principais vantagens do serviço da Renault é que ele é uma evolução do Loopster, programa piloto de automóveis por assinatura que foi implantado em março de 2020 e que conta com aproximadamente 200 clientes. Assim, o Renault On Demand chega ao mercado devidamente testado na prática e, em tese, com todas as possíveis falhas já corrigidas.

O serviço já está sendo oferecido na maioria das concessionárias da marca em todo o País, e segundo Bruno Hohmann, vice-presidente comercial da Renault do Brasil, só não está em todas as revendas porque algumas oferecem outros serviços semelhantes. Mesmo assim, o executivo afirmou que isso pode ocorrer em cidades com mais de uma revenda, ou seja, se o cliente não encontrar o On Demand em uma loja, pode se dirigir a outra, onde certamente ele o encontrará, garantiu.

Duster Iconic, é o modelo mais caro disponível no serviço On Demand

Como em outros programas similares, o Renault On Demand tem a comodidade como principal vantagem, já que disponibiliza veículos novos e com diversos serviços incluídos no valor da mensalidade (documentação, IPVA, seguro, serviço de assistência 24 horas e manutenção – revisões preventivas e troca de peças de desgaste natural, incluindo pneus).

Os planos têm duração de 12, 18, 20 ou 24 meses, com opções de 500, 1 mil, 1,5 mil e 2 mil quilômetros mensais. Essas alternativas, segundo o vice-presidente comercial da Renault, foram criadas de acordo com a experiência da empresa nas avaliações e valem tanto para clientes individuais (pessoa física) quanto para empresas.

CARRO À DISPOSIÇÃO POR MENOS DE R$30 AO DIA

Ainda segundo Bruno Hohmann, os testes mostraram que os modelos mais indicados para compor o catálogo do Renault On Demand são o Kwid 1.0 (nas versões Zen e Outsider), Stepway 1.6 Iconic e Duster Iconic – estes dois com câmbio CVT. O plano mais acessível é o Smart, que oferece o Kwid Zen por 20 meses e 500 km mensais por R$ 869 – “menos que R$ 30 por dia”, como frisou o executivo. Já o plano mais caro é o do Duster, que custa a partir de R$ 1.699 por mês. O prazo máximo para entrega dos veículos é de 35 dias.

Kwid Zen, opção por R$ 869 mensais

Ao final do contrato, o cliente pode devolver o carro e fazer uma nova assinatura ou adquirir o veículo, mas o executivo da Renault acredita que a maior parte dos clientes deve optar por um novo plano. Os carros devolvidos no fim dos contratos pertencerão às concessionárias onde foram retirados.

Perguntado sobre metas ou perspectivas de participação de mercado, Bruno Hohmann foi direto: “Não tem como eu projetar nenhum desses números, pois ninguém sabe o tamanho desse mercado no Brasil, ele está começando agora”, afirmou. Mesmo assim, o executivo disse que a empresa pretende ampliar a gama de veículos disponíveis para assinatura em breve, com um modelo elétrico. “Acreditamos que muita gente deixou de usar o carro próprio e optou por serviços por aplicativo antes da pandemia e agora quer ter um veículo de novo, mas não necessariamente um próprio. O serviço de assinatura pode ser a melhor opção para esse consumidor”, explicou.

Os interessados em contratar o serviço devem acessar a página ondemand.renault.com.br, preencher o cadastro e fazer sua opção. Todo o negócio é feito online e o cliente também pode incluir entrega do veículo em casa, instalação de película de proteção e/ou solar e um seguro de proteção financeira, para casos de desemprego, invalidez ou morte. Por fim, apesar de o grupo Renault ter lançado a Mobilize, nova marca de serviços de mobilidade, no início do ano, Bruno Hohmann explicou que o Renault On Demand segue como um serviço da montadora, ao menos por enquanto.