Ford e Jaguar desenvolvem carros de videogame em escala real

Fordzilla P1 e Vision GT SV são “foguetes” com design futurista e que chegam a 410 km/h de velocidade máxima

Videogames são uma febre mundial, com direito a competições internacionais que lotam ginásios de competidores, fãs e torcedores. Uma das modalidades mais disputadas e emocionantes são as corridas de automóveis. Para algumas montadoras, não basta que seus bólidos fiquem na esfera virtual. Ford e Jaguar foram além e construíram carros em tamanho real.

Na semana passada, a Ford apresentou o Team Fordzilla P1, desenvolvido em parceria com os próprios jogadores. Fordzilla é o nome do time oficial da marca na Europa dedicado a esportes eletrônicos.

É comum automóveis de verdade serem reproduzidos nos games. O caminho inverso, porém, é uma ação impressionante. A concepção do Fordzilla começou em março, quando 250 mil jogadores opinaram pelas redes sociais sobre vários aspectos do carro, como posição do motor, configuração dos bancos e do cockpit.

Os designers da Ford, Arturo Ariño e Robert Engelmann, criaram, respectivamente, o interior e o exterior do carro, cuja estrutura monocoque é parcialmente coberta por uma enorme canopla similar à dos aviões caça.

A dianteira lembra o Ford GT, com para-lamas e paineis laterais esculpidos. No cockpit, os paineis de LED mantêm o piloto e o copiloto informados sobre o estado da pista em sua visão periférica. Uma tela integrada ao volante permite a troca de dados com a equipe nos boxes.

O desenvolvimento do Team Fordzilla P1 aconteceu de forma totalmente digital, sem qualquer interação presencial, devido à pandemia. Ele mede 4,73 metros de comprimento, 2 m de largura, 895 mm de altura e possui rodas de 21 polegadas. Segundo a Ford, a velocidade máxima é de 410 km/h.

Jaguar Vision GT SV

Apresentado em 2019, o Jaguar Vision Gran Turismo Coupé foi o primeiro modelo de competição totalmente elétrico da marca britânica criado para a saga Gran Turismo dos videogames.

O Vision GT Coupé serviu de ponto de partida para o desenvolvimento do Vision GT SV. Os engenheiros avaliaram cada detalhe que podia ser melhorado, enquanto redefiniam o conceito de carro elétrico da Jaguar para provas de resistência.

A análise dos gamers também foi importante para que os times de design e engenharia determinassem a maneira mais adequada para otimizar o Vision GT SV, até deixá-lo próximo do ideal para provas de endurance.

“Ao transformar o Vision GT SV em modelo de escala real, pudemos mostrar a versão mais extrema de um Jaguar inspirado no passado, mas com olhar no futuro”, afirma Julian Thomson, diretor de design da Jaguar.

A estrutura de carroceria — em material composto, leve e aerodinâmico — reúne quatro motores elétricos concebidos pelas equipes da Jaguar Racing e SV. No total, geram 1.903 cv de potência. A marca afirma que ele acelera de 0 a 100 km/h em apenas 1,65 segundo e, como no Ford, alcança 410 km/h.