Rolls-Royce Boat Tail é o extremo da exclusividade

Criado sob encomenda para um milionário chinês, modelo contará com apenas três unidades produzidas

Rolls-Royce Boat Tail - Caderno Garagem

A Rolls-Royce apresentou oficialmente a mais recente criação de seu departamento Coachbuild, destinado a produzir modelos personalizados para os clientes da tradicional marca britânica de automóveis de luxo. Denominado Boat Tail (Traseira de Barco, em tradução livre), o veículo foi exibido ao público pela primeira vez no último fim de semana durante o Concordo d’Eleganza Villa d’Este, na Itália. O conversível terá apenas três unidades produzidas, sendo que duas já foram comercializadas pelo preço estimado de 22 milhões de libras esterlinas – pouco mais de R$ 132,6 milhões, na cotação de ontem.

De acordo com a fabricante, o Boat Tail foi encomendado por um milionário chinês ligado à indústria de pérolas e que além de carros exclusivos, é um apreciador de obras de arte. Totalmente construído à mão, o modelo se destaca pela traseira (chamada pela fabricante de deck) com tampas que se abrem como “asas de borboleta” e são feitas de folheados de nogueira real com detalhes banhados em ouro rosa. Na dianteira, a icônica grade “Pantheon Grille” foi esculpida a partir de uma peça única de alumínio, de acordo com a montadora. Já a lendária estatueta Spirit of Ecstasy é feita de ouro rosa.

Rolls-Royce Boat Tail - Caderno Garagem

O acabamento interno apresenta couro por toda parte, nas cores conhaque e ostra, combinado com mais detalhes revestidos com folhas de nogueira real e ouro rosa. A Rolls-Royce afirma que o relógio com visor de madrepérola que orna o centro do painel foi fornecido pelo cliente, que o retirou de sua coleção. Madrepérola também é o material utilizado nos interruptores e demais mostradores.

Rolls-Royce Boat Tail - Caderno Garagem

Com 5,80 m de comprimento, o Rolls-Royce Boat Tail conta com o mesmo conjunto motriz do Phantom, um motor V12 biturbo, com 6,75 litros, capaz de entregar 536 cv e 91,8 kgfm. Apenas como curiosidade, dizem que esse conversível é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos, mas ninguém espera ver esse exemplo de luxo e de extravagância “queimando pneus” por aí.

Rolls-Royce Boat Tail - Caderno Garagem

“A Coachbuild eleva o nosso trabalho a um novo espaço; é a alta costura da nossa indústria. Para o cliente, oferece o máximo em individualidade, expressão e serviço sob medida”, declarou Torsten Müller-Ötvös, CEO da Rolls-Royce Motor Cars. “M mais do que um belo automóvel, a criação de uma carroceria torna-se um legado que incorpora algo extraordinariamente pessoal e emocionalmente ressonante para cada cliente. Para a Rolls-Royce como marca, é um retorno às nossas raízes e uma revolução contemporânea, na qual entregamos o impossível na fabricação automotiva convencional em uma realidade impressionante”, completou.

Rolls-Royce Boat Tail - Caderno Garagem