O serviço de valet do futuro

Ford e Bosch trabalham no desenvolvimento de um serviço que permitirá aos veículos estacionarem de forma autônoma nas garagens, procurando sua própria vaga e se organizando de maneira inteligente

Serviço permitirá aproveitar melhor o espaço nas garagens

 

Atualmente, quando você utiliza um serviço de valet, você deixa o seu carro com o manobrista no estacionamento e deixa tudo por conta dele, e na hora de ir embora, precisa aguardar até que o profissional consiga se organizar para buscar o seu veículo – que pode estar atrás de um monte de outros carros que chegaram depois do seu. Pois a Ford e a Bosch estão trabalhando em uma solução para esse problema, um sistema de manobrista automatizado.

Baseado no sistema de comunicação Vehicle to Infrastructure (V2I, ou Veículo a Infraestrutura, em português), o sistema se baseia na tecnologia desenvolvida pela Bosch, e utiliza uma sofisticada rede de sensores instalada no edifício garagem (no caso) para reconhecer os veículos, as vagas disponíveis e orientá-los durante as manobras, evitando qualquer acidente no caminho.

As demonstrações da nova tecnologia foram feitas no local onde a Ford está construindo um novo centro de mobilidade

Funciona assim: o motorista entra na garagem e deixa o carro em um local pré-definido, como em um serviço de valet atual. Então, por meio de um aplicativo no celular, identifica o seu automóvel e informa o horário no qual pretende retirá-lo. Com isso, é possível acomodar os veículos de maneira mais eficiente no prédio, com melhor aproveitamento do espaço. E também é possível programar serviços como recarga da bateria ou lavagem, por exemplo. Na hora de ir embora, é só chamar o veículo pelo celular, voltar ao local pré-definido e aguardar a chegada do carro.

Sensores posicionados no edifício conversam com o automóvel

“Estamos continuamente em busca de oportunidades para expandir nosso conjunto de tecnologias de assistência ao motorista Ford Co-Pilot360, que ajudam as pessoas a dirigir com mais confiança, e acreditamos que a tecnologia de estacionamento com manobrista automatizado é uma grande promessa”, afirmou Ken Washington, diretor de tecnologia da Ford.

Além de Ford e Bosch, o projeto conta com a participação da maior incorporadora imobiliária de Detroit, a Bedrock e permitirá que as três empresas obtenham importantes informações sobre experiência dos usuários, design dos automóveis e da estrutura dos estacionamentos, a fim de desenvolver e expandir a tecnologia e sua aplicação.

“É emocionante e desafiador explorar veículos inteligentes em um mundo inteligente; a Ford, a Bosch e a Bedrock estão aprendendo muito sobre como os carros se comunicam com a infraestrutura nesse projeto”, garante Joseph Urhahne, diretor de pesquisa e engenharia avançada de direção automatizada da Ford Europa. “Conseguimos manobrar os veículos em um ambiente complexo, mantendo o mais alto nível de segurança”, conclui.

Tudo é acionado por meio do celular